TUDO SOBRE O LOLLAPALOOZA 2018

Mais um ano de Lollapalooza! Desde 2012 fui em todas as edições e não me canso desse evento! Eu sabia que seria puxado: três dias de festival em um espaço gigantesco como o Autódromo. Mas não esperava pelo Onix Day! Para minha surpresa acabei indo para lá quatro dias seguidos! É mole? Agora que estou quase 100% recuperada, vim dar meu feedback para vocês.

ONIX DAY
Obrigada Mãe, pelo meu carrinho lindo que depois de cinco anos pagando IPVA se tornou um vale show! 🙂 Pois é, a Chevrolet fez uma super promoção para donos de Onix, onde você conseguia levar três acompanhantes para curtir algumas atrações do festival. O processo de retirada de ingresso foi muito simples e valeu super a pena! Apesar da chuva no dia, foi maravilhoso. O único problema foi que eu perdi o show do Wiz Khalifa. Cheguei a tempo de ver o Liam mas perdi o rapper. Foi um ótimo esquenta para o Lollapalooza!

PRIMEIRO DIA
No primeiro dia oficial, consegui ver vários shows diferentes! Peguei o finalzinho da Mallu Magalhães que foi muito querida com o publico. Depois assisti o Volbeat, uma banda norueguesa de metal que surpreendeu à todos! Presença de palco contagiante e um som impecável! Depois foi a hora de ver Royal Blood, o rock dos ingleses foi bastante animado também. O highlight do dia para mim, com certeza, foi Chance The Rapper. Um show que eu não esperava NADA e me emocionou. O cara é muito talentoso e sabe fazer um show que deixa todo mundo pulando! E é claro que quem encerrou o dia foi o Red Hot Chilli Peppers. O Anthony Keidis deu uma bela desafinada, mas mesmo assim o show foi muito bom!

SEGUNDO DIA
Cheguei à tempo de ver o show do Mac Miller, o boy da Ariana Grande (tem post sobre o show dela também). Foi um show bem animado e diferente, gostei bastante! Logo em seguida fui ver The National. Eu não conhecia muito o som deles mas é aquele show que você precisa ver, sabe? Os caras estão sempre no topo das paradas da Billboard. E em seguida esperei para ver Pearl Jam. Claro que a apresentação foi incrível, eles nunca decepcionam os brasileiros.

TERCEIRO DIA
Com certeza foi o melhor dia! O evento começou com Miky Chance animando todo mundo! Depois fui ver Metronomy, a banda arrasou muito e também foram mega simpáticos. Em seguida fui ver Tropkillaz, não esperava e foi com certeza um dos melhores shows do festival! Consegui ver o começo do show do Khalid mas depois fui correndo para o palco do Liam Gallagher. O espaço estava muito cheio então não deu para ver todos os shows. Apesar de sua fama de “marrento”, o Liam foi extremamente fofo (nas duas apresentações) e não deixou a desejar! E para encerrar o melhor de todos os shows: The Killers! Emocionante, agitado, feliz e cheio de surpresas! Não tem como descrever a experiência de assistir essa banda. Hit atrás de hit, e uma performance impecável. Já quero The Killers de volta no Brasil!

Além de todos esses espetáculos, a organização do festival me surpreendeu muito. No ano passado foi bem difícil encarar as filas dos bares e era quase impossível conseguir consumir algumas coisa. Já esse ano, tinha mais bares e muitas pessoas vendendo comidinhas e drinks no meio da pista. Os banheiros estavam por toda parte e não passei por perrengue em fila em nenhum momento. Gostaria só de ter um controle mais objetivo e seguro sobre o consumo das pulseiras. Alguns pontos estavam cobrando valores indevidos e isso me preocupou bastante.

Obrigada Press Pass, Renner e Rocket Camisetas pela parceria nesse festival! E vocês, o que acharam?

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *